Parto natural


O medo da dor no parto natural talvez seja um dos maiores responsáveis pela mulher ceder à cesárea ao primeiro convite. 
Um dos maiores medos das mulheres grávidas, um dos maiores motivos para ter uma cesárea agendada, o grande mito da dor no parto, a dor da morte, e mais várias besteiras que já ouvi. Mas será que essa dor é só mito? Será que essa dor é assim tão ruim? Será que para parir um filho é preciso sofrer? Não, para todas as perguntas acima! 
A dor do parto não é um mito, ela existe para praticamente todas as mulheres em trabalho de parto, algumas mulheres toleram ela com uma facilidade maior, outras não. 
Mas nós sabemos que o medo está diretamente relacionado com o tamanho da dor, inclusive o tamanho do seu medo será o tamanho da sua dor. E também não é uma coisa constante, a contração vem, dói, e vai embora. Quanto mais preparada a gestante estiver, se ela entender a fisiologia do corpo humano no processo, as fases do trabalho de parto, e o que esperar, ela vai passar pelo processo com muita facilidade. 
Trabalhar esses medos é fundamental, por isso explique para a sua Doula tudo o que você teme, e no trabalho de parto revele os seus medos, só assim ela vai poder ajudar a vencê-los. 
Existem várias maneiras naturais de lidar com esse desconforto, bolsa térmica quente, massagens, posições, banho de chuveiro, banho de banheira, entre outros. lembre-se que se com tudo isso, com todas as dicas, você ainda sentir que a dor é mais do que você pode lidar, sempre existe a analgesia peridural.
Você nunca vai saber como será sem tentar. Muitas mulheres confirmam que a essa sensação é totalmente suportável, outras tem uma tolerância mais baixa, mas TODAS esquecem o que sentiram depois, e  confirmam que vale muito a pena! cesárea não é indolor, mesmo com todas as medicações e a morfina que a gestante recebe, quando passa, a dor vem. 
Não deixe o seu parto de lado por MEDO! O parto natural é cientificamente comprovado o melhor para mãe e bebê, quando ambos estão saudáveis!

#GuiaDoBebePN


Postar um comentário